Ajuda sobre Procurar disciplinas
Course Image Workshop Gratuito de Coaching Intercultural

Cultura e Coaching

“Cultura” é um conjunto único de características (crenças, comportamentos, valores, instituições, regras morais e bens) que distingue um grupo de outro. É aquilo que caracteriza a identidade e o particular modo de interagir de um grupo com o meio, num enquadramento espácio-temporal.

“Coaching” é a arte de libertar e aplicar o potencial humano e as suas múltiplas abordagens partilham a crença central de que a maior parte do que nos limita está dentro de nós mesmos. Ao nos convidar à reflexão e criatividade, o coaching permite-nos criar uma nova visão sobre a realidade que nos rodeia e sobre o nosso potencial de actuação sobre ela, constituindo assim um processo de singular eficácia no que concerne à realização de objectivos pessoais e profissionais.

Coaching Intercultural

Alguém disse que não falamos do que vemos mas que apenas vemos aquilo de que podemos falar. O modo como fazemos o que fazemos determina, em grande medida, o que vemos. Culturas tradicionais, apenas resolvem problemas tradicionais.

Os novos desafios apenas podem ser resolvidos através de novos olhares. As empresas e equipas emergentes criam, conscientemente, novas culturas; alargando os seus horizontes de possibilidades, quer na visão que têm sobre os desafios que as movem, quer sobre a sua capacidade de actuação sobre eles.

Neste sentido, a interculturalidade ao serviço do coaching, ao revelar diferenças e similaridades culturais muito para além das evidências do senso comum, libertando o potencial sinérgico que estas diferenças encerram.

As ferramentas do Coaching Intercultural são suportadas por uma estrutura de orientação cultural que permite uma análise detalhada das vantagens e desvantagens que cada orientação cultural comporta, quer ao nível do indivíduo, quer das equipas.

O aumento da visibilidade destes múltiplos padrões de emoções, comportamentos e pensamentos partilhados cria oportunidades para que os indivíduos e as equipas aproveitem o potencial oferecido pelas suas diferentes orientações culturais e, simultaneamente, cooperem de modo a que consigo compensar as lacunas correspondentes.

A interculturalidade ao serviço do coaching, cria oportunidades para que os indivíduos aumentem a sua consciência sobre as suas preferências e habilidades culturais, para que as equipas criem dinâmicas de harmonização e complementaridade de competências e para as empresas aplicarem processos de gestão concertados que permitem aumentar a produtividade pela alavancagem das suas diferentes orientações culturais.